terça-feira, 27 de março de 2012

Quinto Projeto

Hoje sobrou um tempinho e escolhi um projeto para por em prática o que tenho aprendido, como  tudo tem que ter um começo e não adianta pular etapas, precisamos ir passo a passo, escolhi um projeto simples.


Bom, peguei as medidas referente ao tamanho 44, já que meu manequim também é tamanho 44, fiz uma modelagem de uma camisa básica,  sem pence, mas adicionei pences na cintura e não fiz nenhuma outra modificação.Quando se faz uma base para adaptar modelos, é necessário algumas modificações para que a peça nao fique muito justa em determinados pontos do corpo, descemos a cava, o decote, tanto frente quanto costas, adicionamos pelo menos 1cm nas laterais para dar uma folga,  só então fazemos a modelagem da manga e a gola, que é sempre feita depois da modelagem da blusa pronta.


E ainda acrescentamos margem de costura de 1cm em toda a volta e 3 a 4cm para barra.
Bom, no meu caso,  só adicionei margem de costura e resolvi cortar e costurar a peça para entender como ficaria para depois fazer as modificações necessárias.



Realmente achei que ficou muito justa, mas valeu pois assim entendo melhor o que preciso modificar, a partir dela, posso fazer diversas adaptações de modelos e já tenho alguns em mente.

A costura foi feita só alinhavando, portanto não está muito bom.










No ano passado, fiz uma camisa e por não ter gostado do resultado, fui em busca de cursos e aqui estou, ainda engatinhando, mas vou chegar lá.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Meus cursos... minha falta de tempo.


Ando correndo muito, por isso o sumiço, mas passei aqui para comentar sobre meus cursos.

O curso de modelagem industrial de blusa acaba amanhã, foram só 8 aulas, muito pouco para tanta informação que necessitamos, mas agora é ir a luta e fazer sozinha, pelo menos deu uma base do que podemos fazer.
Paralelo a isso, estou fazendo um outro curso que há tempos tinha vontade de fazer, Moulage, que de acordo com definições achadas na internet,  "é uma técnica francesa de modelagem tridimensional, que é caracterizada por ser feita diretamente no manequim".

Bom, no que isto me ajuda?
Como não costuro roupas (ainda) e tenho pouca intimidade com o manequim, me ajuda a perceber melhor o caimento da peça, corrigir possíveis erros, perceber certos detalhes que não teria possibilidade olhando só o papel.
Mas vai muito além disso, me abre um mundo de possibilidades, pois apesar de ser um curso básico, o professor usa um método avançado, ele tem passado o que a apostila exige, que é bem pouco e paralelo a isso, tem nos presenteado com muita informação extra.
Ontem mesmo, com pouco tempo de curso, nos deu uma foto de um vestido para olharmos e fazermos, assim, do nada.
Para ser sincera, fiquei com medo no início, não sabia nem por onde começar, fiquei tentando imaginar o modelo no papel, pois assim ficaria mais fácil, já que os cursos anteriores me deram essa base, então com uma ajuda aqui e ali, comecei a entender o processo, o vestido não ficou pronto ainda, mas tenho certeza que com os próximos vai ficar mais fácil.
Ele disse que esse tipo de exercício nos ajuda a abrir a mente e é verdade, percebi isso ontem e preciso exercitar esse processo, mas até o final do curso tenho certeza que estarei bem mais preparada.
Algumas fotos do decorrer do curso: