segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Aprender... esperar...


Um dia desses eu estava mega desanimada, sem disposição para inventar nada, mas ainda assim, consegui aprender uma coisa graças a gentileza de pessoas que dividem o que sabem.
Faz tempo eu queria aprender a fazer "Godê", mas por mais que eu lia e relia meus livros, não conseguia entender o processo, então, pesquisando na internet achei este site, aliás, não é a primeira vez que menciono aqui.
A explicação é ótima e eu entendi direitinho, obrigada "Cortando e Costurando" pela ajuda.

Hoje estou como um trecho da música "Nada tanto assim - Kid Abelha, onde diz: 
"tenho pressa tanta coisa me interessa, mas nada tanto assim", aliás também não é a primeira vez que menciono está música aqui.

É sobre o curso de modelagem de blusas que estou fazendo, estou super ansiosa para aprender o máximo que eu puder, mas gostaria que fosse mais rápido, queria ter aula todos os dias, pois é frustrante tentar entender as roupas que tenho e não conseguir, ter alguma dúvida e ter que esperar até o próximo sábado para perguntar.
Por outro lado, sendo assim, tenho tempo de assimilar, treinar, pensar mais até a próxima aula.

Tenho lido tanto, observado tanto minhas próprias blusas, mas tem detalhes que me escapam, que não aprendi ainda e não há muito o que fazer, a não ser esperar.






quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Segundo Projeto - 2012

Eu de novo, com um novo projeto simples e fácil, que me deixou um pouco brava.
A idéia veio daqui, mas o dela ficou muito mais bonito.
Fiz algumas mudanças pois achei o original muito grande e queria um de bolsa, mas não gostei do acabamento.
Não tenho muita afinidade com aplicação de viés e não gostei nada do resultado, fiquei tão frustrada que acabei pegando uma carteirinha que ganhei de presente e adaptei para um porta agulhas de bolsa.

Mas não desisto assim tão fácil, é só uma pausa, outro dia tento de novo e com mudanças, talvez zíper ou alguma forma de fechar, pois originalmente, as coisas podem cair se virar e minha bolsa não é tão organizada para que isso não aconteça.

Fazer a blusa foi mais fácil, rsrs






terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Primeiro projeto - 2012

Aqui estou após alguns dias de descanso.
Final de ano é sempre muita correria e muito a fazer, mas muda a rotina e isso é bom.

Resumo dos dias:
05/01/12 - As voltas com pilhas de livros e revistas, tentando organizar os pensamentos.

06/01/12 - Dia de agradecer.

09/01/12 - Novamente as voltas com livros e revistas, tentando selecionar o primeiro projeto...

10/01/12 - Finalmente, selecionado e executado;

Escolhi uma peça simples e de fácil execução, mas a tradução das instruções não são tão claras e me deu trabalho para entender como montar a peça, no fim, fiz de acordo com o que eu já sei e deixei parte das instruções de lado, pois não fazia sentido.

Adorei fazer está peça, é muito fofa, já imagino uma menininha dentro dela.
Fiz o tamanho 4, mas como não tenho nenhuma criança em casa, não tenho como medir.

A barra dos babados foram feitas com o pé calcador  SA 164 - Brother, ficou perfeito, já que o corte arredondado e o tecido escorregadio dificulta fazer uma barra dobrada.

Tecido usado: Viscose.












domingo, 1 de janeiro de 2012

2012 - seja bem vindo!!!

Tenho muitos planos para 2012.
Estou feliz por isso, é necessário ter planos para ter vontade de seguir em frente. 

2011 não foi um ano fácil pra mim, por diversos motivos e quero com todas as forças fazer de 2012 um ano realmente bom. Com pequenas atitudes, pequenos gestos,  pequenos aprendizados, nada que vá mexer na estrutura do planeta, rsrs. 
Alguns já citei aqui, outros surgirão, idéias vem e vão, mas tenho que ser firme pra não perder  o foco no meio do caminho. 
Logo começa meu novo curso de modelagem de blusas, vou me dedicar ao aprendizado de costuras e alguns projetos paralelos. 
Não sei ainda onde esses cursos vão me levar, mas espero que me levem num caminho que eu tenha prazer em seguir, satisfação,  alegria para executar o que for necessário, com certeza serei mais feliz e consequentemente farei mais feliz  os que estão ao meu redor. Pois o esforço não é só meu, portanto é justo que a recompensa também seja dividida. 

Apesar de sonhar,  de me esforçar, de continuar, lá dentro tenho medo, mas acredito ser um medo natural quando estamos de frente com novos desafios e espero que ele passe quando for a hora. 

Estou entrando em 2012 com poucas expectativas, sem sonhar acordada,  com os dois pés no chão, mas com um enorme desejo que seja um ano  bom, de paz, de luz,  de amor, de alegrias com pequenas conquistas e  de muita saúde, poder chegar lá no dia 31/12/2012 e agradecer a Deus por toda ajuda recebida, por todas graças, por tudo de bom que Ele nos ajudou a conquistar.

Seja bem vindo 2012, que bom que você chegou, o que traz na bagagem?