quarta-feira, 5 de dezembro de 2012


Quando não estou com cabeça para projetos elaborados, que precisam de 100% de minha atenção, não fico sem costurar, apenas faço pequenos projetos, desses que se faz  de olhos fechados ou no automático.
Daí vou colocando meus pensamentos em ordem, sem me preocupar se esqueci de algum passo ou de alguma costura.
Isso não quer dizer que é tempo perdido, pois ainda assim, nascem lindas lembrancinhas, para aqueles presentinhos de última hora, ou mesmo para acompanhar um outro presente, ou ainda para simplesmente enfeitar e perfumar minha própria casa.























segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Sobre a moda...


Preciso contar, eu nunca gostei de moda, achava muito chato quando minhas amigas queriam uma roupa, sapato, maquiagem, por que estava na moda. Muito menos sabia sobre estilistas, tendências e o que mais estivesse relacionado.
Mas quando comecei a estudar modelagem, percebi como tudo está ligado, não tem como fugir, é preciso saber um pouco de tudo e todos, saber sobre os lançamentos, quem criou o que, as cores e padrões que favorecem ou não.

Pensando nisso, estou sempre atenta as novidades e passeando pela revistaria, encontrei algumas revistas que podem me trazer conhecimentos adicionais sobre o tema.



Fica a dica


Revistas







quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Saias

Tecidos para Saias


Tecido tricoline


Estive na Niazi recentemente procurando um tecido para fazer uma saia, tinha certeza que lá encontraria tecidos diferentes, bordados, degradê, etc. Bom, encontrei um linho bordado, mas foi só.

Já que estava lá, acabei comprando mais dois tecidos que estavam em promoção e acho que  também podem ficar muito bem numa saia de verão e as cores são lindas.


Voltando pra casa, resolvi olhar o que eu tinha e olha o que eu achei, dois tecidos lindos que comprei  sem saber o que faria com eles e agora serão super úteis.
Definido o tecido, qual modelo de saia eu faço?
(dizem que o certo é escolher o modelo para depois comprar o tecido, até para não haver desperdício, mas...)

São tantos modelos e tão lindos que fica muito difícil escolher. Pois não adianta escolher o modelo, preciso saber se vai ficar bem em mim, se combina com meu tipo físico, se o modelo escolhido posso fazer o comprimento que quiser, ufa! Quantas dúvidas.

Venho pesquisando há alguns dias em revistas, blogs, livros e como preciso partir do principio, até para treinar a modelagem, decidi fazer a saia  com pala e prega fêmea, página 128 e a saia com pala e babado 1/2 godê, página 143  do livro MIB - Saias.

Então vamos lá, volto para contar o resultado, fui!

domingo, 28 de outubro de 2012

Bermudas



                                                                           










Sabe aqueles tecidos que mostrei aqui?
Enfim, peças prontas, algumas.

Usei dois dos tecidos da foto, mas a quantidade era suficiente apenas para fazer bermuda e foi o que fiz,  a rosa é de sarja acetinada, o toque é delicado, bem gostoso, fácil de manusear e de usar, mas foi a primeira que fiz e queria bolso faca e bolso embutido, o resultado não foi o esperado, mas foi a primeira.

A segunda é um jeans bem fino, também é fácil de trabalhar e gostoso de usar, fiz com bolso chapado, frente e costas, zíper embutido, bem mais rápido de fazer e gostei do resultado.

E assim vou treinando modelagem e costura e aprendendo mais a cada peça.



segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Curso de Modelagem Infantil

Estou fazendo mais um curso, Modelagem Infantil.
Nunca pensei em fazer modelagem infantil, mas surgiu a oportunidade, com uma ótima professora, numa instituição que eu respeito e venho fazendo todos os cursos de modelagem, então não poderia deixar passar.

Bom, começamos com um mijãozinho, depois uma calça um pouquinho maior,  um vestidinho, tudo muito pequenininho, mas quero mesmo é que chegue nas peças para crianças maiores, fica mais gostoso de fazer, mas as pequeninas são muito fofinhas.

Ficam algumas fotos:



quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Adoro tecidos!!!





Adoro comprar tecidos, mas tenho feito um esforço enorme para não comprar nada novo e poder usar com calma os que já tenho em casa e preciso confessar que essa tarefa não é fácil. 
Digo com calma pois com costura não adianta ter pressa, então pra que estocar tecidos? 
Isso é o que digo pra mim mesma numa tentativa desesperada de não cair em tentação.

Sendo assim, já iniciei um novo projeto com um dos tecidos fotografados anteriormente, farei uma bermuda, com o bolso faca já feito na calça mas com mais um nível de dificuldade, colocarei um bolso embutido falso na parte de trás  da bermuda.

Preciso contar, não vejo a hora de costurar muito bem e poder fazer roupas pra mim, cada peça que vejo nas revistas ou nas lojas, me dá 5 minutos e morro de vontade de aprender bem rapidinho.


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Mais um pijama???


Essa é a semana do pijama!

Fiz um novo pijama para meu marido, com a sobra do tecido fiz uma calça de pijama pra mim, arrumei uma calça de  moletom minha que já não é nova, mas uso em casa e estava muito larga, terminei outra calça de pijama para o verão que estava cortada há um tempo, ufa!
Deixando tudo em ordem pois na próxima semana quero começar um novo projeto que consumirá um certo tempo, paciência, cuidado, então não pode haver distrações.
O que é? Surpresa! Conto depois.

Mas voltando a falar dos pijamas, o meu marido é alérgico e só usa camisas e camisetas 100% algodão, por isso o pijama dele deu um certo trabalho, pois como o fio de overloque é poliéster, precisei fazer um acabamento para evitar o contato direto com a costura no pescoço.




Adicionar legenda



E para deixar com água na boca e gostinho de quero mais...


Tecidos escolhidos e separados para meu novo projeto.


Novos projetos, novos tecidos!










terça-feira, 28 de agosto de 2012

Uma simples blusinha!

Primeira blusa, muito larga!

Ajustar alguns detalhes.

Finalmente!!!


As três juntas!


Você já começou um projeto achando que seria super simples e se deparou com um desafio pela frente?
Foi exatamente o que me aconteceu com uma simples blusinha de malha com renda.

É uma simples blusinha de malha com renda, nada demais, certo?
Errado!
Já comentei aqui que meus cursos são voltados para tecido plano, outra modelagem, método de costura, tudo diferente, mas não me pergunte porque, decidi começar as costuras das roupas, por pijamas, blusinhas, etc.  Em malha. Eu juro que pensei que era mais fácil.



Resultado: estou sempre apanhando,  quem sabe o próximo curso que eu fizer será de malha e agasalho, mas enquanto não faço o curso, vou sofrendo e aprendendo na raça, também tem o seu valor.

Fiz a primeira modelagem no tamanho M adulto, ficou muito larga, a segunda diminui o molde, mas ainda não o suficiente, na terceira tentativa fiz a correção do molde para o tamanho 14 e então deu certo, impressionante como malha engana.
Bom, a modelagem deu certo, mas a costura...

 A primeira que costurei, coloquei a renda exatamente do tamanho da barra e decote, ficou ondulada, na segunda vez, estiquei muito e a blusa ficou franzida, na última vez, após um dia de tentativas e frustrações, tentei de novo, entre indignada, brava, ansiosa, lá fui eu e  com muita calma nessa hora, fiz cada detalhe com muito cuidado e finalmente...
deu certo, ufa!!!


terça-feira, 21 de agosto de 2012

Décimo Primeiro Projeto


Que feliz!
Agora sim uma calça para chamar de minha.
Depois da minha experiência anterior, fiz uma nova calça e a-do-rei.
Fiz a modelagem com algumas correções e fiz a calça com bolso faca e cós anatômico e ficou perfeita, gostei muito.

Não vou dizer que foi super facil, pois apanhei um pouquinho, pois cada passo é uma novidade, mas depois de pronto é tão satisfatório.

Pena as fotos não terem ficado tão boas, pois tirar foto de si própria não dá muito certo, mas prometo caprichar na próxima, sim, vão haver muitas próximas, mesmo porque ando desmanchando algumas roupas para entender o processo da costura e se não fizer outras para por no lugar, terei problemas, rsrs.










segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Tesouros, Tesouras, Tecidos









Tenho tesouros dos quais não abro mão, gosto de tê-los por perto,  de consultar sempre que sentir vontade, de olhar pra eles, aprecia-los.
E sou muito exigente, não gosto deles amassados, com orelhas, páginas marcadas ou sujo então, óh céus, eu enlouqueço.
Deixo de comprar uma roupa, sapato, perfume, para comprar um livro e faço isso sem dó.
Por tudo isso, não empresto meus queridos livros.

Mas tenho outros tesouros,  como minhas réguas, tesouras,  máquina de costura, tecidos e tudo o que compõe meu pequeno ateliê.

E para aumentar minha singela coleção, acabei de adquirir a Coleção Manequim - guia completo da costura, são 9 livros pequenos, eles tem por volta de 170 páginas cada um e posso dizer que tem bastante informação, valeu o investimento.

Cada livro aborda um assunto,  tem muitas fotos, o que ajuda na execução e no entendimento.

Logo que saiu o primeiro exemplar, eu vi nas bancas mas como sou um pouco desconfiada de coleções de banca, decidi não comprar, os meses foram passando e eu estava super resistente, por fim como amo livros, decidi pagar pra ver e não me arrependo.


Comprei direto pelo site, pois nem sei se ainda tem nas bancas, mas só comprei pois tive a certeza de que teria a coleção completa, pois o que me aborrece neste tipo de coleção, é que você começa a comprar e depois somem ou não há continuidade, mas essa foi uma agradável surpresa, pra quem é iniciante na costura, assim como eu, tem  muita informação útil.








quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Décimo Projeto

Quando comecei a estudar modelagem, queria fazer blazer, camisa  e blusas diferenciadas e ainda quero, mas estou gostando mesmo de fazer calças, acabei de fazer uma,  já estou começando outra e estou curtindo muito.

A primeira que fiz em tecido plano, com zíper e cós, tudo direitinho e gostei muito do resultado, a modelagem ficou certinha, o que ajuda muito na costura, só que ficou um pouco justa em mim, então vou fazer outra, corrigindo o tamanho.

Como já disse aqui, estudei modelagem no Senai, então toda modelagem que faço é seguindo o método de lá, fiz primeiro o tamanho 42, mas meu tamanho é 44, por isso ficou justa, mas era um teste.

Apanhei um pouco na costura, recorri aos meus livros várias vezes, pois não lembrava como colocar o zíper, braguilha, transpasse, etc.
Mas só posso dizer que a cada peça, fico mais feliz.

Fotografar roupa fora do corpo não dá muito certo e o resultado não mostra a verdade sobre a peça, mas aqui está, mais um projeto começado e terminado com resultado satisfatório.









 





quarta-feira, 25 de julho de 2012

Nono Projeto







Aqui estou com mais uma peça pronta e já cheguei a conclusão de que fazer calça é muito mais fácil do que fazer blusa/blazer, são menos detalhes, a costura tem menos passos portanto é mais rápida e parece-me que dá menos problemas.
Pode ser que eu ainda mude de idéia quanto a isso, mas no momento estou gostando mais de fazer calças, estou falando isso, pois estou acabando uma e posso afirmar, é muito mais rápido e gostoso de fazer.

Bom, mas aqui está essa jaqueta, copiei da revista Patrones, (capa) e como me falta experiência em alguns passos, apanhei um pouco na costura e como demorei um pouco, enjoei dela, isso acontece com algumas pessoas, talvez seja em função daquela pequena palavrinha, paciência, rsrs

Usei tecido brim pesado, para ficar mais encorpada, o revel era pequeno, eu devia  ter aumentado um pouco para dar um acabamento melhor, já que não era com forro, a manga é de duas folhas.

É isso, uma jaqueta bem básica, para usar com jeans e sapatilha, nada demais, só mais um passo em direção aos meus desejos.

E com estas fotos me despeço deste manequim, pois ganhei um manequim Draft de aniversário do meu querido marido e esse já ganhou casa nova.

quinta-feira, 19 de julho de 2012




Esse ano não tinha a intenção de fazer cachecóis, pensei que ficaria só com as modelagens e confecções de algumas peças, mas com esse friozinho, não tive escolha se não tricotar alguns cachecóis.
Algumas pessoas que sabem que faço todos os anos, ligam perguntando, eu mesma gosto de ter alguns para presentear e depois que começo é difícil parar, é tão gostoso, tanta lã fofinha e macia, não resisto.
Ainda que resisti a comprar, não comprei nenhum novelinho este ano, pois tinha um estoque enorme, tanto que fiz vários e o estoque continua grande, então, pra economizar, não comprei nada.
Nem tenho ido ao armarinho pra não cair em tentação, pois com certeza tem diversos fios novos, mas vamos usar a criatividade e mãos a obra, sem consumir.





domingo, 15 de julho de 2012

Oitavo Projeto

Mais um pijama.
Ao menos os pijamas da casa estão se renovando.
No dia dos namorados comprei um pijama de presente para meu marido, da Hering, 100% algodão, calça e blusa de manga comprida. Quando ele experimentou, faltavam centímetros  na calça e na blusa, o tamanho maior não resolvia o problema, já que só era mais largo, então ele ficou com aquele curto mesmo, mas sei que ele não gosta de pijama faltando tecido.

Bom, como já tinha feito aquele pijama de flanela, (6. Projeto), aproveitei  a mesma modelagem, só fazendo algumas correções,  e não é que ficou bom?
É super básico, não tem nada de mais, mas como é malha de algodão, ficou muito gostoso, deu até vontade de ter um.

Agora preciso comprar mais malha, quero fazer umas camisetas de pijama para mim.

Como fiz os acabamentos em punho e não tinha punho na cor da calça, usei branco mesmo.




Pijama de Malha masculino



Pijama de Malha masculino


quarta-feira, 11 de julho de 2012

Sétimo Projeto

Sei que andei sumida mas foi por um bom motivo.
Desde janeiro tenho feito cursos, praticamente um atrás do outro e isso me tomou boa parte do tempo.
Mas por hora os cursos acabaram e aos poucos estou me organizando e voltando a rotina, isso inclui postar mais.

Mas mesmo com a correria, mês passado estive no bairro do Brás a procura de moletom, pois lá é o lugar certo para este tipo de tecido, comprei alguns quilos, sim  é por quilo, mas você pode definir a metragem,  normalmente o mínimo é 1 quilo de cada cor, tem lojas que o mínimo são 5 quilos, mas no geral é possível comprar 1 quilo.
No caso do moletom que eu comprei, que é bem felpudo, de boa qualidade, 1 quilo dá aproximadamente 1,70m., como a minha idéia era fazer umas calças  e nem sabia se me sairia muito bem, comprei 1 quilo de cada nas cores verde musgo e cinza claro e comprei plush para tentar fazer um conjunto pra mim, ainda não tive tempo.

Mas consegui fazer uma calça pra mim e gostei do resultado, usei o moletom verde musgo, guardei o cinza para fazer uma calça para o marido.


Eu sei que é uma peça extremamente simples e que eu poderia pegar uma calça que me veste bem, copiar o modelo e pronto, nenhuma dificuldade, mas a idéia é sempre por em prática o que estudei que é  modelagem, portanto, não faria sentido fazer isso.


E fazendo o diagrama vou percebendo minhas dificuldades e corrigindo e também fixando algumas regras na mente.






Calça moletom feminina



















terça-feira, 29 de maio de 2012

Sexto Projeto

Nunca pensei que apanharia tanto de uma simples calça de pijama, não com a modelagem, pois acabei o curso agora e está tudo fresco na memória, mas com a costura, nossa!

Fiz a modelagem e cortei tudo bonitinho, então fui costurar e tudo deu errado, vou explicar...

O método que aprendi para costurar é quando um par de pernas entra dentro do outro par, para costurar o cavalo, nenhuma dificuldade certo?
Errado, juntei perna traseira com a dianteira, costurei laterais e fui juntar uma dentro da outra, simples, daí começaram meus problemas, na realidade eles começaram quando eu escolhi o tecido mas eu ainda não sabia, o tecido é xadrez e difícil de identificar direito e avesso, no final da costura eu tinha duas pernas direitas.

Posso falar que foi falta de atenção, certeza de que tudo sairia correto, pressa, tudo isso junto, mas lá fui eu desmanchar tudo e começar de novo e desmanchar overloque é muito chato.

Após um dia inteiro de faz e desmancha, ficou tudo pronto.

Observações finais:
Fiz a modelagem da calça e camiseta pelo método do SENAI, que foi onde fiz os cursos e continuo fazendo.
Na modelagem da blusa, desci 2cm na cava, gola traseira e dianteira, coloquei punho na gola, cintura e mangas, ficou muito bom.

Na calça saí 1cm no gancho, joelho e tornozelo, dianteiro e traseiro, após costurada achei um pouco larga, principalmente no tornozelo, então não coloquei punho, optei por uma barra simples e elástico na cintura.

Mas estou satisfeita com o resultado e com muita vontade de fazer outras peças.


Como disseram umas amigas de curso, é uma peça piloto, totalmente aceitável alterações e correções, sejam na modelagem ou costura, então, vamos para a próxima...









terça-feira, 8 de maio de 2012

As revistas e seus brindes


De uns tempos pra cá  tenho reparado uma coisa quando vou comprar revistas, seja de moda ou moldes, as revistas tem vindo com brindes.

Já vi maquiagem, esmalte, cremes, agendas, necessaires e ultimamente tenho visto lenços, e  quem me conhece sabe, AMO lenços, tenho mais de 100 de todos os tipos, tecidos, tamanhos, uso muito, gosto de verdade.

Bom, o primeiro lenço ou echarpe que veio com a revista foi na Patrones, já falei dela aqui, ele é de malha de algodão, tem 0,50cm largura x 2,00m de comprimento, o acabamento é overloque e uma beiradinha em costura reta.

O segundo veio na revista Elle deste mês, é em parceria com Alexandre Herchcovitch, é 100%  algodão, listrado, tem 0,29cm largura x 1,50m comprimento, o acabamento é uma beiradinha em overloque e uma franjinha em tamanho desigual.

E o terceiro veio junto com a revista  Máxima de Portugal, ele é estampado,  100% algodão, tem 0,54cm largura x 2,00m comprimento, o acabamento é uma beiradinha em costura reta sem overloque aparente.

Gostei de todos, mas tenho que dizer, nenhum deles tem um acabamento de primeira, já que se trata de brinde, não creio que o acabamento tenha sido priorizado, o que é uma pena.


Aprendi com uma pessoa que amo a ser muito cuidadosa com o acabamento de uma peça e sei que ainda estou longe de conseguir, mas faço e refaço sempre tentando que fique o melhor possível, de acordo com meu conhecimento em costura.



quarta-feira, 2 de maio de 2012

Desejos, necessidades, vontades...

Impossível chegar a perfeição sem cometer erros e os erros mostram que você  se superou.

É com este pensamento que começo este post, ouvi isto neste vídeo, não exatamente com estas palavras, mas a mesma idéia e faz total sentido, em tudo na vida é necessário começar e batalhar muito, errando, acertando, tentando para se conseguir o desejado.

Não é fácil, mas eu nunca quis tanto uma coisa como agora, só tenho estudado, tentado, treinado, quero muito ser muito boa nessa área, como modelista e também executando as peças.

Sonho com isso, sonho mesmo, várias noites sonho com livros, tecidos, moldes, roupas prontas, estou me esforçando e sei que vou conseguir, ainda que demore um pouco.

Bom,  a última tentativa para aprender mais rápido e melhor foi a seguinte: 
Peguei todas as revistas de moldes que tenho, escolhi alguns modelos em quase todas e vou copiá-los e tentar entendê-los e também executá-los, ao menos alguns.
Dessa forma, vou fixando melhor como é feito cada molde, assim quando olhar uma peça, vou saber de que forma ela foi feita e o que eu preciso fazer.
Talvez isso nao seja a melhor maneira, preciso mesmo é de um emprego, mas enquanto ele não vem, vou fazer o que tiver ao meu alcance.

Tenho revistas Burda, Patrones, Manequim, Moda Moldes, Molde e cia, e as melhores para copiar a modelagem é a Patrones.
As revistas brasileiras infelizmente são as piores, muito  grudado os riscos, muito confuso, uma pena! 

A Patrones vem bem distribuído na folha e ainda marca quais moldes são naquela folha, muito claro, explicado, gostei.

A Burda também é boa, os riscos não são tão grudados, é fácil a localização de cada molde.


Bom, e assim vou  treinando enquanto não chega a novidade que vai me fazer feliz.







sexta-feira, 13 de abril de 2012

Livro novo, amo!!!

Ando muito apaixonada pelo fantástico mundo da modelagem, acho fascinante que com uma linha aqui, outra ali, é possível criar uma blusa, modificar a mesma, acrescentar babado, transferir uma pence,  dar volume,  fazer uma manga diferente.
São tantas as possibilidades, é só usar a imaginação e cria-se uma infinidade de modelos.
Mas claro que pra tudo isso é necessário algumas técnicas,  algum conhecimento sobre como fazer, afinal, quero uma peça com um lindo caimento.

Por isso leio muito, tenho diversas publicações sobre o assunto e sempre estou comprando mais um.
Minha última aquisição foi uma indicação do professor de moulage, mas é sobre modelagem, chama-se "Patternmaking for fashion design", tem 819 páginas de muita informação, estou amando, a cada página fico mais feliz por tê-lo comprado.

Agora só estudar e por em prática tudo o que o livro ensina, claro que isso levará um certo  tempo, mas nada é perdido, uma coisa de cada vez, estou aprendendo muito e não vou parar por aqui.

Tudo o que tem acontecido na minha vida esta sendo muito importante, apesar de todas as dificuldades e só posso agradecer.


Um pouquinho do livro...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Quinto Projeto... continuação


Sei que quando eu tiver  experiência tudo será mais fácil, mas por enquanto...
Como parece difícil fazer uma simples camisa!
Tudo bem que estou partindo do início, escolha do modelo, fazer a modelagem e fazer a blusa, mas podia ser um pouquinho mais simples.

Ok, a dificuldade também tem seu encanto, afinal, se tudo ficasse bom de primeira, qual seria a graça?
É legal  batalhar por um bom resultado, mas ainda nao sei quando  ele vai chegar.

Após fazer aquela camisa base, fiz algumas alterações na modelagem,  desci 1cm a cava da blusa, frente e costas, desci  2cm o decote e defini o ombro em 12cm, redesenhei o que foi necessário e então fui pra manga...

O desenho básico nao me agradou, então,  com a ajuda dos meus livros e muitos riscos depois, defini o desenho da manga e mudei um pouquinho o desenho da  gola,  então era hora de cortar e costurar.
Cortei, costurei, não gostei, corrigi, cortei, costurei, nao gostei, corrigi de novo, ufa!
Corrigi manga, gola, pença, comprimento,  vista, ou seja, quase tudo.

Finalmente definido o molde da camisa, hora de executar no tecido final.

Fiz com muito cuidado e atenção aos detalhes e gostei do resultado,  mas ainda não está como eu gostaria que ficasse.

Nos cursos que fiz, conheci uma professora de modelagem, que também costura e tem uma confecção e perguntei pra ela o que eu precisava para ser muito boa em tudo aquilo e ela me disse  que depois que eu fizer 100 vezes, modelos diferentes e corrigindo os erros, talvez eu esteja pronta. 



É isso, prática, treino, não tem mágica, então, faltam só 97 modelagem/costura.