quarta-feira, 13 de abril de 2011

Aprendendo com a vida... parte 1

Sempre fiz artesanato, cada hora uma coisa mas nunca fiquei parada, por isso sempre comprei muito material diferente, de acordo com o trabalho do momento.
Comecei ainda criança, aprendi com minhas irmãs a tricotar, tentei o crochê, mas não nos entendemos muito bem, começa quadrado e termina redondo ou vice versa.
Mas tricotava bastante, aprendi a fazer blusas e fazia pra mim, depois esqueci do tricô, precisava trabalhar, estudar, me divertir, não tinha mais tempo nem vontade.
Depois que me casei, voltei a fazer algumas coisas nas horas livres.
Nesta 2ª fase comecei com bijuterias, fiz bastante coisa, mas com certeza gastei muito mais do que ganhei.
Pulseira de canutilho e miçanguinhas

Depois vieram os enfeites de Natal, feitos em feltro e pedraria, mais  vidrilho, miçanga, lantejoulas, etc.
Fiz muitas botas e enfeites diversos, lindos, totalmente feitos a mão,  já que até então a máquina de costura era um enigma pra mim. Mas mesmo que eu já soubesse costurar a máquina, seria de pouca utilidade nestes enfeites.


enfeites de Natal

Junto veio o ponto cruz, achava fascinante cruzar os pontos e fazer uma flor, uma borboleta, o que quiser.
Bordei muita coisa, a maioria foi para presentear, Natal, Páscoa, etc.

Conjunto de toalhas bordada em ponto cruz e saco em feltro natalino para embalar

Em seguida o tricô de novo, mas não lembro mais como se faz blusas e não tenho paciência, então faço cachecóis, aprendi o tear de pregos, crochê tunisiano, crochê de grampo, faço muitos cachecóis em pontos diversos e sempre pesquisei para aprender pontos e modelos diferentes. Mas ainda há muito o que aprender.








Um comentário:

Silvia Gramani disse...

Márcia, querida!!!
Comprei muita coisa na Cleise mas, está semana minha mãe foi na 25... e que diferença... mais ou menos, dependendo do fio R$ 4,50 R$ 5,00. Como estou fazendo muito essa diferença no final ajuda.
Lindos trabalhos!!!
Beijos carinhosos
Silvia